Fórum: Goiás Livre de Febre Aftosa, Sem Vacinação

10/05/2019 das 08h00 às 16h15
Auditório da Faeg - Rua 87 Setor Sul

Plano Estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa

Evento já foi encerrado.

Sobre o evento

APRESENTAÇÃO 

Nos últimos dez anos, o Brasil vem se destacando no mercado mundial de produtos de origem animal devido ao melhoramento progressivo da situação sanitária de seu rebanho animal, e qualidade dos produtos exportados.  Com a posição de líder mundial na produção de bovinos e suínos, o Brasil precisa demonstrar cada vez mais eficácia no processo de erradicação da febre aftosa e no atendimento aos requisitos sanitários acordados com os parceiros comerciais. Para que novos mercados possam ser alcançados é necessária a mudança qualitativa no status sanitário do país para febre aftosa, que poderá ser alcançado com o reconhecimento de país livre de febre aftosa sem vacinação. 

Para isso está sendo preparado o Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa- PNEFA, previsto para ser executado no Brasil nos próximos 10 anos. A proposta do Plano foi elaborada sob a coordenação de um Grupo Técnico designado pela Secretaria de Defesa Agropecuária- SDA, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento- MAPA, que contou com contribuições de diferentes colaboradores. O Objetivo geral do Plano é criar e manter condições sustentáveis para garantir o status de país livre de febre aftosa e ampliar as zonas livres sem vacinação protegendo o patrimônio pecuário nacional e gerando o máximo de benefícios aos atores envolvidos e à sociedade brasileira. 

 

OBJETIVOS

- Tornar o país livre de febre aftosa sem vacinação com reconhecimento internacional; 

- Fortalecer as medidas de prevenção e redução das vulnerabilidades; 

- Aprimorar as capacidades dos Serviços Veterinários Oficiais; 

- Fortalecer as parcerias público-privadas; 

- Contribuir com a modernização da Defesa Agropecuária. 

Para alcançar os objetivos e a implementação e desenvolvimento das ações, há necessidade de aplicar cada vez mais formas diferentes de analisar a situação em relação à doença (febre aftosa), articulando-se com os diferentes atores envolvidos, institucionais e individuais, para enfrentar o complexo desafio que o Plano impõe.  Assim, o processo de execução e gestão do Plano, numa visão intersetorial, precisa ser sobretudo coletivo, participativo, realizado em diferentes instâncias, como fóruns, comissões e conselhos.  Nesse sentido, e como parte das metas e ações a serem desenvolvidas no Estado em atendimento ao preconizado no Plano, se realizará o Fórum Goiás livre de febre aftosa, sem vacinação - Plano Estratégico para o PNEFA- 2017-2026.

 

PÚBLICO ALVO

Produtores Rurais, Lideranças institucionais, empresariais, políticas e técnicos das ciências agrárias.  

 

PROGRAMAÇÃO

08:00 - 08:30 - Confirmação de inscrição

08:30 - 09:30 - Abertura

09:30 - 11:00 - Apresentação do Plano Estratégico do PNEFA – 2017-2026  

                         Nilton Antônio de Morais – MAPA

11:00 - 11:30 - Contribuição do setor produtivo na construção do PNEFA 

                         Ricardo Nissen - CNA

11:00 - 12:00 – Debate Moderador:

                         Antônio da Silva Pinto - FAEG

12:00 – 13:30 – Almoço

13:30 – 14:30 - Ações do Programa Estadual de Enfermidades Vesiculares desenvolvidas pela AGRODEFESA  

                         Antônio do Amaral Leal - AGRODEFESA

                        Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros e outras encefalopatias como instrumento para continuidade da declaração de rebanho

                        Fernando Borges Bosso - AGRODEFESA

14:30 – 15:00 – O papel do Fundepec e sua importância no PNEFA 

                           Uacir Bernardes – FUNDEPEC

15:30 – 16:00 – Debate

                          Moderador:Antônio Flávio Camilo de Lima - SENAR-GO

16:00 – 16:15 – Encerramento

Faça já a sua inscrição!